Sites Grátis no Comunidades.net
Free Translation Widget




ONLINE
1




Partilhe este Site...





ESTUDO SOBRE ORAÇÃO

ESTUDO SOBRE ORAÇÃO

 

oração

 

PRIMEIRA  PARTE

Definição  de oração -  Orar é se comunicar com Deus.

Também podemos descrever a oração assim:

   - Invocar a Deus ( Sl.17:6 ) ; Chamar a Deus; recorrer a Deus.

   - Clamar ao Senhor ( Sl. 3:4 ); proferir em altas vozes; bradar.( Mc.10:46- 52)

   - Buscar  ao  Senhor ( Isaías 55:6 ); procurar  por  Deus; solicitar  a  Deus;

   - Se aproximar de Deus ( Hb. 10 :22 )

 

                A oração é o elo de ligação  que devemos ter com o Senhor  para recebermos   as Suas bênçãos, o Seu poder e o cumprimento de suas promessas.

 

SEGUNDA   PARTE

                Tipos de oração

                São  vários os  tipos de oração e logo abaixo, estaremos relacionando alguns:

                - oração da fé;

                - oração de consagração;

                - oração de intercessão;

                - oração de gratidão;

                - oração de adoração;

                - oração para cura;

                - oração profética.

 

                Para  facilitar  a nossa  compreensão, dividiremos agora  os tipos  de oração em dois grupos:

 

PRIMEIRO  GRUPO

( O grupo das orações do tipo comum )

                - oração de louvor e  adoração;

                - oração de ações de graça;

                - oração de petição.

 

                Na oração comum, você normalmente  se expressa demonstrando gratidão a Deus, louvor e adoração  e também Lhe apresenta as suas súplicas ( seus pedidos ).

 

SEGUNDO  GRUPO

( O grupo das orações de poder ou também chamadas de orações de autoridade )

                - oração da fé;

                - oração de intercessão;

                - oração para cura;

              

                Neste tipo de oração, você não pede mas determina ( ou ordena ) algo, reivindicando as promessas de Deus contidas em Sua Palavra. ( Ver: Mateus 18:18  e  Marcos 11: 23-24 )

 

EXPLICANDO  AS DIFERENÇAS ENTRE  A ORAÇÃO COMUM E A ORAÇÃO  DE  AUTORIDADE

                Oração  Comum

                É o empenho que faço para traduzir em palavras corretas os anseios do coração , palavras estas que serão ditas de acordo com fórmulas preestabelecidas pelo grupo com o qual costumo orar.

                Esta oração está sujeita a condições físicas, tais como:

                -   o momento

                -   o lugar

              

                Neste tipo de oração, às vezes, sentimos dificuldade em nos concentrarmos. O que sinto ou o que se passa à minha volta, são fatores que podem interferir no meu estado de espírito e consequentemente, podem impedir um anseio espiritual de fluir de acordo com aquilo que Deus quer operar.

 

Exemplificando:

Enquanto na oração  comum, oramos assim:

“... Ó Deus, peço-te que faças isto ...”

 

                Na oração de autoridade, oramos assim:

“... Eu  preciso Senhor, que isto se realize desta maneira e o Teu Nome será glorificado ...”

 

                IMPORTANTE :

              

                TUDO O QUE CONTRADIZ A  DEUS  PRECISA SER  ATADO.        

         ( bloqueado;  impedido; proibido )

              

                TUDO O QUE CONCORDA  COM DEUS PRECISA SER DESATADO.

                ( desimpedido;  desembaraçado ; permitido)

 

Oração de autoridade

( Também conhecida como Oração de poder ou da Fé )

 

                É  a oração que não está presa a fórmulas e nem sujeita a inibições. É o transbordar verbal de um coração a que o Espírito Santo tornou sensível.

                Esse tipo de oração não tem identidade própria, mas ela possui  a identidade que o céu ( Deus )  procura.  ( Mateus  18:18 )

                No versículo acima citado, a mensagem é a seguinte: DEUS OUVE AS PALAVRAS DA TERRA (IGREJA ) E  AGE  BLOQUEANDO OU  DESIMPEDINDO AQUILO QUE FOI MENCIONADO PELO INTERCESSOR.

                NOTA:  Para orar com autoridade é preciso reconhecer que o poder é de Deus   e não  nosso.

 

                Oração de autoridade ( ou Comando )

                (  ver:  Marcos 11: 23-24 )

                Aqui, a  oração  NÃO  DIZ:  “... Ó  Deus, por favor, tire essa montanha ( dificuldade ) e lance-a fora ao mar ( longe de mim); mas  DIZ: “... Se alguém disser a este  monte ( problema ) : Ergue-te e  lança-te no mar ...”  ou seja,  problema , enfermidade ou dificuldade, retira-te da minha vida ... ( Isto é fazer uso da autoridade que Deus nos deu ).

 

                Exemplo de oração de comando:

                ( Ver: Êxodo 14: 15-16 )

                Nesta passagem da Bíblia, Deus ensina Moisés a fazer uso da autoridade que já lhe havia sido dada.

              

Origem da oração de autoridade:

                ( Ver:  Filipenses  2: 9-11  e  João  14:  12- 21 ( Está  na  ascensão de Jesus )

              

TERCEIRA  PARTE

                Fatores que impedem que a nossa oração chegue até aos ouvidos de Deus.

 

1º) – Deus não ouvirá a nossa oração se agirmos com presunção.

                O que vem a ser presunção?

                - Vaidade; empáfia; arrogância; soberba.

                No contexto espiritual, presunção é o atrevimento de FAZER aquilo que o Senhor nosso Deus NÃO ORDENOU que fizéssemos , baseados em nossas próprias idéias e vontades. ( ver Dt. 1 : 41-45 e Salmo 19 : 13 ).

 

2º) – Deus não ouvirá a nossa oração se rejeitarmos a Sua realeza ( soberania ).

                Rejeitar a realeza de Deus, significa o nosso afastamento para com o Senhor, por causa do nosso orgulho em pensar que sozinhos, poderemos conquistar tudo o que quisermos sem sequer consultá-Lo.  A isso  também chamamos de  rebeldia.

                No contexto espiritual, rebeldia é  NÃO  FAZER o que Deus ORDENOU.

                ( ver: Sl. 106: 6 e 7 ;   Ex.14: 10 – 12 )

 

NOTA: Um dos maiores exemplos de rejeição a realeza de Deus é a resistência em receber exortação e disciplina aplicadas pelo Senhor.

 

3º) – A nossa oração também não será ouvida  se deixarmos de ajudar os necessitados.

                ( ver: Provérbios 21:13 ; Atos 6: 1-7 ;  Tiago 2: 14- 17 )

 

4º) -   Deus não ouvirá a nossa oração se permitirmos a existência de impedimentos ( sentimentos maldosos ) em nossos corações, pois estes, bloqueiam totalmente as bênçãos de Deus para as nossas vidas. Eis alguns deles:

 

                - Ressentimento ( rancor  de alguém ); I Jo 3: 18-23  e 4: 7-8

 

                - Hipocrisia ; Mt. 12:34

 

                - Ser queixoso; Lm. 3: 39-40

 

                - Sofrer  por se achar inútil e incapaz ; Isaías 6: 1-8

 

                - Ser crítico demais ; Mt. 7: 1-3

 

                - Alimentar falhas de caráter; ( orgulho, intemperança, mentira , vingança )

                ( ver: Romanos 12: 16 – 19 )

 

5º) -     Deus não responderá  as orações que forem feitas  de maneira  egoísta ( Tiago  4 : 3 - 4).

 

QUARTA  PARTE

 

Oração eficaz ( Oração da Fé )

 

Nossa oração para ser eficaz  precisa satisfazer certos requisitos:

1º) – FÉ  GENUÍNA: ( Hb. 11:1 ;  Mc.11:24;  Hb. 10:22 ;  Tg. 1:6-5 e  15 )

Precisamos crer que já recebemos a resposta  da nossa petição, mesmo que ainda não tenha ocorrido a  evidência   da mesma. (  Cura física  por  exemplo)

 

2º) –ORAR  EM  NOME DE  JESUS:

- Há salvação no nome de Jesus ( Atos  2:21 );

 

- Há cura no nome de Jesus ( Atos 3: 2-6 );

 

- Há libertação no nome de Jesus ( Atos 3:16  ;  Atos  16: 16-18 );

 

Tudo o que foi mencionado acima sintetiza o conteúdo do ministério de Jesus:

- PREGAR  A SALVAÇÃO , CURAR OS  ENFERMOS   E LIBERTAR  OS  CATIVOS.

*  Hoje, o  Senhor Jesus nos conferiu a tarefa de levarmos o Seu ministério adiante. Jesus disse:  “... Crede-me que estou no Pai, e o Pai em mim: crede ao menos  por  causa  das mesmas obras. Em verdade , em verdade  vos digo que  aquele  que  crê  em  mim , fará  também  as  obras que eu faço, e outras maiores fará, porque eu vou para junto do Pai.” (ou  seja, retornarei  para  o céu, para que vocês façam a  minha obra em meu Nome com o auxílio do Consolador , que é o Espírito Santo de Deus.                     

                     *Ver também: Jo. 14:14 ; Cl 3: 17 ; Is. 9:6 ; Mt.1: 23 e Jo.1:1-3 e 14.

  

Orar em nome de Jesus representa autoridade e poder ( Fp 2: 8-11 )

 

- Orar em  nome  de  Jesus significa :  QUE  O SENHOR  JESUS  NOS CONFIA  O SEU NOME  E NOS DEIXA USÁ-LO .

Nota:  Só poderemos fazer uso do nome de Jesus se permanecermos Nele.  ( João 15: 4 - 5 )

 

Por que não  orar somente usando  a expressão Teu Filho, sem  mencionar o nome Jesus ?

 

a)- porque  quando você  ora usando somente a expressão em nome do  “ Teu  Filho”, deixando de mencionar o NOME  JESUS, você  está  se referindo à Jesus  na  condição  de  Deus / Homem, ainda não glorificado , quer dizer,  Jesus  antes de ter  concluído o plano da redenção humana através da Sua morte  na cruz , ressurreição e ascensão.

 

NOTA:  QUE  FIQUE  BEM ENTENDIDO , QUE   NÃO  HÁ REJEIÇÃO QUANTO AO  USO  DA EXPRESSÃO  FILHO DE  DEUS,  MAS  SE  DEFENDENDO A  POSIÇÃO  QUE   ESTA  EXPRESSÃO, DEVE  SEMPRE  VIR  ACOMPANHADA  DO  NOME  JESUS   NAS  ORAÇÕES.

 

b)-  porque foi através da ascensão de Jesus que tomamos posse da  autoridade  e da nossa  nova posição  em Cristo (   Ef 2: 4-7 )

 

c)-  porque  Jesus  ordenou  que  TUDO  deveria  ser  feito  em  Seu  nome. (  Ver: Cl 3: 17 ).

 

3º)- ORAR  SEGUNDO  A VONTADE  DE   DEUS ( 1Jo.5: 14 e 15)

 

Vontade de Deus:............. amar a Sua lei e colocá-la em prática (Sl. 40:8 );

                           ...............o desejo ( querer ) de Deus; ( Jo 6:39-40)

                           

Não somente devemos orar segundo a vontade de Deus, mas devemos estar sempre  vivendo a vontade de  Deus que já nos foi revelada em Sua Palavra. ( ver 1Jo.3:22  e  Sl. 66:18-19  ).

 

 

4º)-   PRECISAMOS   FAZER   USO  DE ALGUNS  INSTRUMENTOS  PARA  O EXERCÍCIO  DE  AUTORIDADE:

– Citar as Escrituras enquanto oramos e falamos; (  Mateus 4 : 1-4 )

 

– Mencionar  o poder do Espírito Santo  e do sangue de Jesus ); ver I Co.14:14-15

 

_ Reafirmar  verdades  divinas ( Ex: “Sou nova criatura em Jesus Cristo,  meu passado não tem  mais domínio sobre mim...!”) ; “... este  problema  não tirará  a  minha  paz, porque sou mais que vencedor em Cristo Jesus.”

 

_  Repreender  toda a interferência  do  mal em Nome de Jesus.

Irmã  Daisi Lopes Silva  Vieira